segunda-feira, janeiro 30, 2006

014 - No title today...

É incrivel a capacidade que as pessoas têm de cometer os erros e fazer os outros sentirem-se culpados por isso...

Podes pensar não me ter tratado mal, mas trataste. Magoaste-me muito... Mas a vida é feita de decisões e tu fizeste a tua. Decidiste seguir um caminho, sem dar qualquer tipo de explicações. Foste em frente, fizeste bem. Não te censuro por isso...

Só não quero que me peças para que as coisas voltem a ser como eram, porque não irão ser. Posso perdoar, mas não esqueço. Será um pormenor que ficará sempre presente. Vou fazer o mesmo que tu: seguir em frente. É o melhor para ambos.

Disseste que o que vivemos foi 'intenso'... mas pelos vistos, não foi intenso o suficiente para arriscares. Não me sondaste para saber o que pensava sobre o assunto, para saber se eu estava disposto a arriscar... mas não faz mal. Já tens o teu rumo decidido, e o meu está a ficar definido.

Não te preocupes... Ontem estive na merda, hoje já estou melhor, amanhã ainda melhor estarei. Sou forte, lembras-te?

Hugs & Kisses,
[n0b0dYsbItCh0]

P.S. - Tu sabes que é para ti.

domingo, janeiro 29, 2006

013 - Better Alone...

/alone.jpg


I understand your point of view letting me go
But I thought you had more faith
Everything I've done for you
You made the mistakes and now you throw this in my face
And I have worked so hard for you all of this time and you cast me aside
I understand your point of view

But I can't seem to get my head around
All the things that I feel good about always seem to disappear
And every time I think I've got this all worked out
Something chews me up and spits me out
But there's nothing left to fear
I'm better alone my dear

You couldn't pick a better time to give me the news
Why don't you kick me when I'm down?
I'd always believed in you
Defended your name but you have not been true
I gave you so much of my life I've compromised and you tell me goodbye
You couldn't pick a better time

And I can't seem to get my head around
All the things that I feel good about always seem to disappear
And every time I think I've got this all worked out
Something chews me up and spits me out
But there's nothing left to fear
I'm better alone my dear

I know I really should thank you for setting me free
It's really amazing the changes I'm starting to feel
It's not gonna be long till I'm fit and strong
Deliverance helped me heal still I wonder if you ever wish you still had me

Will I ever get my head around
All the things that I feel good about that always seem to disappear
When every time I think I've got this all worked out
Something chews me up and spits me out
But there's nothing left to fear
No No No

I can't seem to get my head around
All the things that I feel good about that always seem to disappear
No No

And every time I think I've got this figured out
Something screws me up and drags me down
But there's nothing left to fear
I'm better alone my dear

(Melanie C in "Better Alone"@ «Beautiful Intentions»)

Para ti...

Hugs & Kisses,
[n0b0dYsbItCh0]

terça-feira, janeiro 24, 2006

012 - Coincidência?!

/tired.jpg

Ontem, quando publiquei o post anterior a este, depois de ter feito algumas correcções e afins, ou melhor, quando o post já estava mesmo apresentável, logo após o ter publicado, curiosamente a pessoa a quem dirigi aquelas paravras entrou no MSN... Coincidência?? Pois, não sei... O que eu sei, é que esta pessoa não tem conhecimento deste blog, pelo que seria muito pouco provável (para não dizer impossível mesmo) ter lido a "dedicatória" e ter vindo falar comigo...

B! - cucu
NB - Ola :)
B! - só cá vim dar um jinho
NB - ok. tá entregue... outro pa ti e para o P!, também...
B! - obigado
B! - :D
NB - de nada
B! - pa ti tb
B! - um daqueles :$
NB - desculpa, mas desses eu nao aceito. só dos outros
B! - quas desses?
NB - o que me deste agora
B! - n sabes qual foi ora
B! - n tem nada d mal, toto
NB - mas eu nao quero à mesma! gosto mais dos outros
B! - os outros são ordinários
B! - lol
B! - e desses n posso dar
B! - hehe
NB - nao são destes, parvo. são dos outros!
B! - foi dos q n são ordinários q eu dei,
B! - ai
B! - ai
NB - ai, que tu nao percebeste nada!
B! - lol
B! - bem vou dormir
B! - besos
NB - eu não quero nem dos ordinários, nem dos não-ordinários... quero os de respeito (na testa)
B! - tá bem
NB - (quanto mais longe da boca, melhor...)
B! - então beijo na testa
B! - mas eu n dou na boca
B! - lol
NB - mas da forma que eu tou, não te garanto que não dê
B! - LOL
B! - isso é tudo saudades?LOLOLOOLL
NB - o.O claro que não... quer dizer sim, mas não nesse sentido... é mesmo por estar on-fire...
B! - uhhhhh
B! - vem cá q nós tratamos disso
B! - lol
B! - lol
NB - querias, não querias?
B! - não
B! - estva a brincar ctg
B! - mas pelos vistos tu querias hehe
B! - :D
NB - ah, bom... até porque por muito on-fire que esteja... não voltará a acontecer nada...
B! - ainda bem
B! - :D
B! - vá miguinho
B! - beijinho que tenho q ir nanar
B! -
NB - pa ti tb. xau
* B! está agora Desligado

B! >> Ele
NB >> Eu

Esta conversa foi tão... tão... banal?? Enfim... contudo, nesta conversa dei um pouco de desprezo e também fui sarcástico e um pouco frio. Não foi fácil... se bem que tem uma altura em que brinco um pouco, mas... Ai! x______________x Maldito coração, pah! às vezes preferia ter uma pedra no lugar deste músculo palpitante...

Hugs & Kisses,
[n0b0dYsbItCh0]

P.S. 1 - De um post para o outro, vê-se uma contradição nas minhas palavras, eu sei... Mas como é óbvio, não ia deixá-lo com a faca e o queijo na mão, dizendo que ainda sentia algo por ele, e que tinha saudades dele ... Ai vida...
P.S. 2 - Para perceberem este post, e o meu comportamento durante a conversa, aconselho a ler o post que está abaixo.

011 - "Sentimentos de Sonho"

/me.jpg
Bem... andava eu a verificar se alguns dos blogs que tenho nos links já estavam actualizados, para deixar um comentário, até que chegou a vez de ir ver o «Homosexual Life»... Nada de especial até aqui. Mas quando começo a ler o post, começei a identificar-me com algumas coisas ditas nele... Poderia fazer num comentário o que vou fazer aqui, mas provavelmente ficaria muito comprido...
>> "... e porque eu gosto de ti como nunca gostei de ninguém... apesar de longe, significas muito para mim... momentos fantásticos, sobretudo inesquecíveis, apesar de escassos [e é pena os impedimentos] !"
Realmente... ainda gosto muito de ti, sem dúvida. Sim, é pena estares longe, porque sim, significas muito para mim. Foram momentos fantásticos, aqueles que passamos, sim, só é pena teres namorado... Coisa que te impediu de vires a sentir algo por mim, e consequentemente, de ficarmos juntos...

>> "Sempre que penso ou falo em ti, ou mesmo quando falo contigo, sinto um friozinho na barriga e o meu próprio coração acelera, como vês não te esqueci..."
Posso garantir que conheço esta história de qualquer lugar... =\ Acontece-me várias vezes, principalmente quando falo contigo... Já se passaram cerca de 6 meses, mas sim, ainda sinto algo por ti... Simplesmente é inevitável. Da mesma forma que é inevitável esquecer-te... Mas terá de ser!

>> "Como vês não se trata de um sentimento qualquer, mas sim de um bem precioso, o qual tenho a certeza que será preservado para todo o sempre..."
Digo-te o mesmo que o Life disse a esta pessoa: não se trata de um sentimento qualquer, mas sim de algo forte e precioso... Do qual te aproveitaste, de certa forma... Mas continuo a dizer que o que sinto/sentia por ti, nunca havia sentido por ninguém. Foste o meu primeiro amor a sério, o resto foram só paixonetas...

>> "Posso dizer que penso muito em ti, penso como seria se tivéssemos juntos."
Sim, é verdade... ainda penso muito em ti, mas já pensei mais, confesso... E claro, sempre pensei como seria caso tivessemos ficado juntos... Mas isso não aconteceu, e (quase) garantidamente, nem irá acontecer...

>> "Podiam ser momentos sem importância, mas tu estavas lá e sendo assim tudo mudava para melhor..."
Na realidade, o pouco tempo que partilhámos, só os dois, tornou-se em algo muito especial. Ainda que fossem momentos que não significavam nada para ti, porque nunca sentiste por mim o que eu sinto/sentia por ti.

>> "Digo sem problemas que me fazes falta, arriscaria a falar em muita falta, não sei como pode ser assim um sentimento, ter surgido e cativado todo um valor impensável num ápice..."
Fazes-me falta, claro... e também não compreendo como este sentimento surgiu do nada, assim, sem mais nem menos... Mas tu sabes que eu sempre lutei contra este sentimento, eu disse-te, lembras-te?

>> "Infelizmente ou felizmente, não sei, distanciámo-nos..."
Eu diria mais 'felizmente'... é esta distância que me está a fazer com que me esqueça de ti... pelo menos desta forma. Mas tenho medo que o sentimento fique só adormecido e que, quando te vir à minha frente, ele volte a despertar, tal como já aconteceu antes...

>> "Como seria bom voltar a abraçar-te, sentir-te aqui... todo o teu ser... "
Sim, seria bom... e será, num futuro não muito longínquo, penso... Mas espero que este meu sentimento por ti já se tenha evaporado, que eu tenha refeito o meu coração, com outra pessoa, para não voltar a dar as mesmas cabeçadas que dei no passado... Sabes bem que, se voltasse atrás, mas sabendo o que sei hoje, nada do que se passou se voltaria a repetir. Somente se as circunstâncias fossem outras... Mas mesmo assim não me arrependo de nada, porque cresci com isso, e tu sabes disso, eu já te tinha dito...

E pronto... é isso. Só espero que durante o correr destes acontecimentos, nunca ter magoado ninguém... Nem a ti, B, e a ti também não, P. Nunca foi essa a minha intenção...

[17 Agosto 2005]
Eu: B... eu amo-te, porra!
Ele: Pois... e a culpa é minha...
Eu: Não! É nossa! É tua porque me seduziste, e é minha porque me deixei seduzir. Por isso, não é inteiramente tua!

Hugs & Kisses,
[n0b0dYsbItCh0]

segunda-feira, janeiro 23, 2006

010 - Dream or Die!



.Porque a vida é feita de sonhos, porque a vida é feita de pesadelos, porque a vida é feita de ilusões, porque a vida é feita de desilusões...
.Mas sem esses sonhos ou sem esses pesadelos, sem essas ilusões ou desilusões, a vida nao é nada... e sendo a vida nada, mais vale morrer.
.Sonhar é bom, quando não em demasia... Mas ter desilusões também o é, principalmente pq nos faz abrir os olhos para a realidade, para o mundo tal como ele é... Cruel, voraz, duro, e acima de tudo, portador de uma beleza esmagadora...

/dream_or_die.jpg
Image from:
http://www.fotolog.net/lain_iwakuraa


Este foi um post que eu fiz num outro cantinho meu... fi-lo no dia 13 de Abril de 2005, há quase um ano...

[x] Porque adorei a imagem.
[x] Porque me inspirei nela para escrever aquelas palavras..
[x] Porque é simples, e eu gosto de coisas simples...
[x] Porque é verdade...


Hugs & Kisses,
[n0b0dYsbItCh0]

sexta-feira, janeiro 20, 2006

009 - Where am I?


«(...) sabia todas aquelas coisas maquiavélicas que só os portadores de uma memória paranormal conseguem fixar: a longevidade de uma sanguessuga, de que morrera a mãe de Picasso, de que material era feita a linha das bolas do futebol americano.
Um dia, abismada com tanta informação, não resisti:
- O que é que tu não sabes?
- O que ando a fazer na vida - respondeu.
Procurava-se nos livros, mas não se encontrava. (...)»

(Rita Ferro in 'Não Me Contes O Fim')


Com esta citação, acho que já disse tudo...

Hugs & Kisses,
[n0b0dYsBItCh0]

terça-feira, janeiro 17, 2006

segunda-feira, janeiro 16, 2006

007 - Distorção



Sinto a minha vida distorcida por um passo, por um gesto, por uma palavra... Nada, aos meus olhos, continua concreto. Vejo tudo desfocado, alterado. Não estou a ficar cego, eu sei que não... Não se trata de perda de visão, mas simplesmente de já não entender nada da vida, do que vejo...
Na minha cabeça anda tudo confuso, os neurónios matam-se uns aos outros, é a verdadeira lei da sobrevivência. Talvez por isso tenha perdido a capacidade de reconhecer as coisas, tal como elas são...
Aos neurónios que sobreviverem só lhes peço uma coisa: que me devolvam a lucidez para poder continuar a lutar pelo que quer e pelo que acredito...

Hugs & Kisses,
[n0b0dYsBItCh0]

domingo, janeiro 15, 2006

006 - Dante's Cove

Estava eu a cuscar nos blogs de outras pessoas e descobri que muito recentemente passou nos E.U.A. uma mini-série gay de três episódios.
Muito resumidamente, a mini-série fala de um grupo de jovens gays e lésbicas, à volta dos 20 anos, que vivem num complexo de apartamentos em frente a uma praia, de nome Hotel Dante. Quando Kevin, um dos residentes, descobre alguns segredos do hotel, ele e o seu namorado Toby, juntam-se com outros residentes para resolverem o mistério.
Entretanto, no percorrer da história, assistimos a algumas cenas eróticas. Se não acreditam, vejam a imagem abaixo:


A mim, pelo pouco que li, parece-me ser uma série com pés e cabeça (tirando a parte do erotismo). Por isso, tentei de descobrir como poderia sacar isto, visto que primeiro que chegue a Portugal vai levar muito tempo...
Para vos facilitar a coisa, dirigam-se a www.gay-torrents.net, efectuam o registo e depois pesquisam por "Dante's Cove"
Espero não me desiludir.


Hugs & Kisses,
[n0b0dYsbItCh0]

P.S. 1 - O post tá meio avacalhado, porque tou com pressa, porque em principio vou sair... (tanto "porque" numa só frase x_____x loool)
P.S. 2 - A imagem foi tirada do site "Made In Brazil", que se encontra nos links ;)

sábado, janeiro 14, 2006

005 - A mente...



«(...) a mente não é um bom sítio para se guardar memórias. Misturadas com outras, modificam-se ou desvanecem-se. É preferível uma coisa exterior, com vida própria. Um adulto, uma criança, um animal. Um ser vivo capaz de nos devolver, num relance, uma recordação importante. A cabeça não é de fiar.(...)»

(Rita Ferro in 'Não Me Contes O Fim')

sexta-feira, janeiro 13, 2006

004 - hmmm.... hã?!

Hoje mandaram-me uma sms do género...

- Então, vamos começar?
- Não sei, tou com medo.
- Medo de quê?
- Medo de doer.
- Um dia vais ter que deixar. Acho que não confias em mim. Vou devagar.
- Como fico?
- Nessa posição. Abre mais um pouco.
- Ai! Tá a doer!
- Agora não posso parar.
- Não consigo aguentar mais.
- Abre mais...
- Tá a doer!
- Vou tirar!
- Oh que alivio!
- Até que nem fomos mal...
- Ai!! Tá a sangrar!!!!
- Sangra sempre um pouco...
- E se não parar??
- Claro que vai parar.
- Como sabes??
- Tenho experiência.
- Tá a parar...
- Eu não te disse?
- Ai que bom!! Quando volto para tirar outro dente??
Pois é... nem quero imaginar para onde foram as vossas mentes =P Eheheh

Bem, deixem-me ir andando, que ainda tenho que me preparar para sair.


P.S. >> Continuas no silêncio... Devo preocupar-me? Hoje não mandaste a sms matinal de sempre. Fiquei esmorecido. Sei que não te dei motivos para ficares assim, mas não me sinto bem por não me dizeres nada... Fala comigo...

quinta-feira, janeiro 12, 2006

003 - "Everything and More..."


E porque é uma das músicas mais lindas e com grande valor sentimental para mim... Quando a descobri, foi numa altura um tanto ou quanto "chata", contudo, foi uma altura de onde consegui obter uma grande lição de vida... Apreciem.

«Everything And More» by Krezip

When the aching is over I hope we can talk again
I hope that you'll understand me
I wonder if I ever will, yeah

I'm now searching for a better way
Something that makes me feel good about myself, yeah
I hope some day we'll laugh about it all and then
Everything turns out to be alright, yeah

I wish I could tell you all
I hope that we'll both be wise, hey baby
Just wish it wouldn't give this pain
And that it wasn't my fault, no

And that I could help you out, baby ('cause you still remember)
'Cause I still remember everything (that I could help you out, everything)

The clock's still ticking, your heart's still beating
So there probably will be love again
But I can feel the aching don't care for what reason
But I'd rather see you smiling

I'm now searching for a better way
Something that makes me feel good about myself, yeah
I hope some day we'll laugh about it all and then
Everything turns out to be alright, yeah

I wish I could tell you all
I hope that we'll both be wise, hey baby
Just wish it wouldn't give this pain
And that it wasn't my fault, no

And that I could help you out, baby ('cause you still remember)
'Cause I still remember everything (that I could help you out, everything)

Just everything and more
We were, for everything and more
We were, no

Baby, you're not the only one that gives a damn
There are too many reasons for me to understand
But it takes us, baby, furtherway
To start out as two, baby, yeah

I wish I could tell you all
I hope that we'll both be wise, both be wise, hey baby
And I just wish it wouldn't give this pain
And that it wasn't my fault, no

That I could help you out, baby ('cause you still remember)
'Cause I still remember everything (that I could help you out, everything)
That I could help you out, hey baby ('cause you still remember)
'Cause I still remember everything (that I could help you out, everything)

Just everything and more
We were, for everything and more
We were

E porque eu sou assim: gosto de tirar o melhor possível de todas as situações, porque em cada acto, seja ele um erro ou não, está uma lição.

----------------------------------------

Agora uma mensagem a uma pessoa especial:
Sinto-te distante, frio. Hoje mal falaste comigo. Sinto que aconteceu algo hoje que te fez recuar, presumo o que seja, mas não me queres contar... não quero forçar-te a nada. Espero que esteja tudo bem contigo. Nunca to disse, mas eu adoro-te. Beijo grande.
----------------------------------------

Por agora é tudo... divirta-me e boa noite.

002 - MTV Brit Awards 2006


Os nomeados já foram anunciados para os MTV Brit Awards 2006 with MasterCard, e a MTV Base patrocinou o mais resistente prémio: British Urban Act.
A batalhar pelo prémio estão nomes como Dizzee Rascal, Craig David, Lemar, Kano e ainda Ms Dynamite. Entretanto, Kaiser Chiefs estão na liderança com James Blunt, e ambos estão nomeados para 5 categorias...
Outros artistas que também têm nomeações múltiplas são Coldplay (4 nomeações), Kt Tunstall, Franz Ferdinand e Madonna (com 3 nomeações cada) e Kate Bush que pula para trás no spotlight com apenas duas indicações.
Robbie Williams, vencedor da edição anterior, volta de novo à corrida, mas desta vez, em apenas uma categoria: Best British Male.
A cerimónia da entrega dos prémios terá lugar no London's Earl's Court, no próximo dia 15 de Fevereiro.
Enquanto isso, as actuações da noite ficarão a cargo de Coldplay, Kanye West, KT Tunstall, Kelly Clarkson, e também dos líderes das nomeações, James Blunt e Kaiser Chiefs.

Para conhecer a lista completa dos nomeados, basta dirigires-te a http://brits.co.uk . Aproveita e vota no teu favorito.

quarta-feira, janeiro 11, 2006

001 - Ano Novo, vida nova, "canto" novo!



Pelo menos é assim que se preconiza a cada 365 dias que passa ou, de quatro em quatro anos, 366 dias.

Quer dizer... 2005 já se foi, tal como tantos outros anos: 2002, 1998, e por aí a fora... Muito sinceramente, de vida nova, não há nada! Mas rigorosamente nada. Poderia dizer que há o desejo de que as coisa melhorem, mas... não existe todos os anos os mesmos desejos? Ou melhor, todos os santos dias??
Pois é... Digamos que é algura para se dizer:
Adeus 2005, gostei de te conhecer. Sê bem vindo, 2006! Entra e senta-te. Vamos conversar sobre as minhas expectativas quanto a ti...

A verdade, é que não há nada para dizer em relação a 2006. Rigorosamente nada... Que me surpreenda, já que na hora das 12 badaladas não desejei nada...
Quanto a 2005, foi um ano bastante positivo em todos os apectos. Com os seus baixos momentos, mas maioritariamente os altos. Dos 365 que se passaram em 2005, posso (e quero) realçar, especialmente, 36 dias: a minha viagem de férias. Superou todas as expectativas e mais algumas... Posso também realçar pessoas: Bruno, Pedro, Carlos, Ricardo (Raven), Ana L., Catarina (Kiki), Ivo, Carolina, Raquel (Flu), entre muitas outras pessoas que fizeram com que 2005 fosse inesquecível.
Sinto-me satisfeito com 2005... realizei alguns dos meus desejos, e devo ter realizado outros tantos que foram aparecendo, lentamente.
2005 é, e será, um ano que ficará gravado no coração como uma tatuagem...


Hugs & Kisses,
[n0b0dYsBItCh0]

P.S. - Como já devem ter visto, mudei-me de "cantinho"... ou então, criei mais um... whatever ^^ Espero que curtam. Vou tentar actualizá-lo com a máxima frequência possível.